A Unreal Engine 5.3 oferece um novo potencial para projetos de mídia e entretenimento

Em todo o setor de mídia e entretenimento, estamos vendo uma adoção crescente da Unreal Engine nos pipelines de produção. Até o momento, ela já foi usada em mais de 600 importantes filmes e séries de TV, além de oferecer mais eficiência e liberdade criativa a conteúdos de animação e abrir novas possibilidades para transmissão e eventos ao vivo.

Nas últimas versões, continuamos a ampliar e aprimorar o conjunto de funcionalidades para cineastas e outros profissionais criativos do setor. Com base nessas inovações, a versão recente da Unreal Engine 5.3 trouxe mais avanços ao conjunto de ferramentas de produção virtual, bem como aprimoramentos aos conjuntos mais amplos de funcionalidades, e prepara a última geração de cenários com efeitos especiais na câmera.

Suporte ao nDisplay para SMPTE ST 2110

Com a Unreal Engine 5.3, adicionamos suporte experimental ao nDisplay para SMPTE ST 2110, a fim de estabelecer as bases para futuras mudanças nas configurações nos cenários de LED. O suporte inicial será para o hardware NVIDIA e Rivermax SDK.

Desenvolvido pela Society of Motion Picture and Television Engineers (SMPTE), este novo padrão permite o transporte de vídeo por PI.

Para produção virtual, a compatibilidade com o padrão da Unreal Engine oferece aos proprietários de cenários, departamentos de arte visual (VADs) e estúdios de efeitos visuais uma nova flexibilidade para decidir como os feeds de vídeo serão direcionados num cenário de LED, incluindo a capacidade de compartilhar o frustum entre nós de renderização, aumentando o potencial para telas de maior resolução e uso mais eficiente dos recursos de hardware.
Para filmagens com várias câmeras, ele oferece a perspectiva tentadora de usar uma máquina dedicada para cada frustum de câmera, maximizando o potencial de resolução da renderização, aumentando a taxa de quadros e permitindo geometria e iluminação de cena mais complexas do que nunca. Ele também aborda o desafio da resolução extra exigida pelas lentes de ângulos mais abertos.

Outro benefício é a menor latência, devido a uma cadeia de sinal simplificada que elimina a necessidade de conversores DisplayPort para HDMI.

Embora as configurações vigentes continuem a atender às necessidades das produções virtuais nos sets atuais e a adoção do novo padrão exija mudanças que não acontecerão do dia para noite, se você planeja preparar um novo cenário de LED ou espera dar esse passo nos próximos anos, você poderá encontrar mais detalhes sobre as implicações, benefícios e desafios desse processo num próximo documento informativo.


Aprimoramentos da câmera virtual (VCam)

O sistema VCam da Unreal Engine continua evoluindo. Na UE 5.3, as melhorias incluem a capacidade de revisar tomadas diretamente no iPad para uma iteração mais rápida; de transmitir simultaneamente diferentes saídas de VCam para diferentes membros da equipe (como incluir os controles de câmera para o operador de câmera e retirando-os para o diretor), facilitando filmagens colaborativas de VCam; e de gravar com uma taxa de quadros mais lenta e reproduzir em velocidade normal para facilitar a captura de ações de movimento rápido. Também existe a capacidade de indicar áreas superexpostas na visualização da câmera usando um padrão de listra zebrada.

Cine Cam Rig Rail

Integrado ao VCam e aos fluxos de trabalho no editor, o novo Cine Cam Rig Rail permite que os cineastas simulem o fluxo de trabalho e os resultados do movimento tradicional da câmera ao longo de trilhos ou carrinhos; os diretores podem até “andar nos trilhos” confortavelmente usando o iPad. O Cine Cam Rig Rail oferece controles mais refinados do que o Rig Rail já existente, incluindo a possibilidade de coreografar configurações como rotação da câmera e distância focal no Sequencer em pontos de controle diferentes ao longo do caminho.

Programa de iOS da Unreal Stage

Lançado logo após a UE 5.2, o programa Unreal Stage espelha o editor de efeitos especiais na câmera dedicado introduzido na UE 5.1, mas com uma interface adaptada para o toque. Isso significa que os operadores de cenário podem ajustar de forma rápida e fácil a cor e a iluminação diretamente no volume de LED, em vez de ficarem restritos a uma estação de trabalho que pode estar distante do cenário real.
O programa permite colocar e posicionar sinalizadores e cartões de iluminação, fazer tratamento de cor de volume de LED, fazer ajustes de cores direcionados ao conteúdo da UE, inserir cartões de chromakey em torno das pessoas e acessar widgets personalizados criados com o conjunto de ferramentas de controle remoto da Web, por exemplo, para controlar o posicionamento do sol.
Você pode saber mais sobre como usá-lo neste curso on-line na Comunidade de Desenvolvedores da Epic.


Solucionador de calibração de lente anamórfica

A funcionalidade Camera Lens Calibration da Unreal Engine agora é compatível com a resolução da geometria de lente anamórfica para distorção, permitindo que cineastas conciliem a distorção de tomadas live-action feitas com essas lentes em seu conteúdo digital. Também é possível usar essa funcionalidade para aplicar um determinado perfil de distorção de lente a conteúdos inteiros de CG, criando uma sensação mais cinematográfica.


Refinamentos de renderização

Com a versão mais recente, continuamos a refinar todos as principais funcionalidades de renderização da UE5, incluindo Nanite, Lumen, Mapas de Sombras Virtuais, Super-resolução Temporal, hair grooms e traçado de caminho, oferecendo resultados de maior qualidade e desempenho aprimorado. E embora ainda seja experimental na UE 5.3, o Substrate, o novo sistema de criação de material da UE5, recebeu mais esforços de desenvolvimento nesta versão.

Geração procedural de conteúdo (PCG)

Na mesma categoria das novas ferramentas experimentais está o framework de PCG, introduzido com a UE 5.2. O PCG permite montar ferramentas e conteúdos rápidos e iterativos de qualquer complexidade, desde utilitários de ativos, como geração de edifícios ou biomas, até mundos inteiros. Caso ainda não o tenha visto, há um projeto de amostra que você pode baixar e explorar por conta própria.

E tem mais!

Essas são apenas algumas das funcionalidades da Unreal Engine 5.3. Outros destaques incluem renderização volumétrica de rastreio de caminho com suporte para importação de openVDB, um novo Skeletal Editor e tecidos do Chaos baseados em painel. Todas essas novas funcionalidades experimentais são projetadas para permitir fluxos de trabalho mais criativos na engine.
Ativo OpenVDB cedido por cortesia de JangaFX
Você pode ver todas as novas funcionalidades da Unreal Engine 5.3 nas notas de versão.

Baixe a Unreal Engine hoje mesmo!

Se já for usuário da Unreal Engine, baixe a Unreal Engine 5.3 no Inicializador da Epic Games. Se deseja utilizá-la pela primeira vez, clique no link abaixo para começar. Seja como for, esperamos que você aproveite todas as novas funcionalidades e atualizações.